domingo, 13 de março de 2011

ઇ‍ઉ Solidão ,

 É o sentimento mais presente em minha vida. 
Talvez seja o que move minha vida. 
Ao mesmo tempo em que me paralisa. 
Creio que esse grande paradoxo nunca vai me deixar.
Agora mais do que nunca, viajo sozinho, 
almoço sozinho, janto sozinho, ando pela rua sozinho,
bebo sozinho, falo sozinho 
(não frequentemente, porque senão alguém me internaria) 
e, claro, eu amo sozinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário